Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘como funciona a previdência pública’

Ainda para te ajudar a compreender a previdência e o debate que ela levanta, vou explicar o formato brasileiro, o regime de repartição. Por ele, o dinheiro de quem contribui hoje é usado para pagar a aposentadoria de quem não está trabalhando.

Assim, os idosos de hoje não recebem o dinheiro e os rendimentos do que pagaram durante o período de trabalho. Eles são sustentados pela geração que trabalha agora. Seu dinheiro foi usado por alguma geração de idosos no passado.

É o que alguns autores chamam de solidariedade itergeracional, segundo o Economia do Setor Público no Brasil, apesar de não ser exatamente um ato solidário, já que é obrigatório.

O regime de repartição é o adotado pela maior parte dos países. Existe ainda o regime de capitalização. Por ele, suas próprias contribuições são aplicadas. Desse fundo e dos rendimentos dele sairão sua aposentadoria. Assim, cada geração é responsável por si. É semelhante ao que acontece com a previdência privada.

O livro Economia do Setor Público no Brasil dá uma justificativa para a escolha majoritária do regime de repartição: quando os sistemas previdenciários começaram a surgir, no século XIX, a população e os salários estavam em crescimento acelerado. Assim, a geração de trabalhadores ampla e melhor remunerada garantia aos idosos retornos melhores do que se fossem usufruir do dinheiro próprio acumulado durante a vida ativa.

Acontece que a população começa a envelhecer, a taxa de natalidade cai, e daí vem grande parte do debate: o sistema é sustentável? Será que a geração atual é capaz de oferecer uma aposentadoria digna para esse número crescente de idosos?

Alguns conceitos principais já estão aí. A partir de agora, trarei notícias e debates relevantes sobre o tema.

Anúncios

Read Full Post »