Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘investimentos’

Tratamos aqui recentemente da diferença entre investimentos em renda fixa e variável. Lá concluímos que o primeiro, que inclui títulos públicos e poupança, é menos arriscado que o segundo, caso das ações.

Mas como distribuir seu dinheiro entre as duas formas de investimento? Para responder essa dúvida, especialistas brasileiros sugerem a Regra dos 80.

Para segui-la, você deve fazer o seguinte cálculo: 80 menos a sua idade. O valor resultante é a porcentagem do dinheiro investido que deve ser colocado em renda variável.

Se você tem 20 anos por exemplo, segundo a regra, deveria investir 60% em renda variável e 40% em fixa. A norma é baseada na noção de que pessoas mais jovens podem arriscar-se mais.

A propensão ao risco deve cair com o envelhecimento do investidor, que também deve ter mais obrigações acumuladas. Aos 70 anos, por exemplo, apenas 10% dos recursos deveriam ser colocados em renda variável.

A regra dos 80 é uma adaptação brasileira da norte-americana Regra dos 100. O valor é diferente porque nossos investimentos são considerados de maior risco.

Read Full Post »

O Produto Interno Bruto brasileiro caiu 0,8% nos últimos três meses, em comparação com o último trimestre de 2008. A soma dos preços de todos os bens finais produzidos no país ficou em 684,609 bilhões de reais.

Como alguns analistas já previam, entramos em recessão técnica, por causa da crise internacional. O termo é uma convenção e refere-se a duas quedas sucessivas na produção. No último trimestre do ano passado, a economia já tinha encolhido 3.6%.

O tamanho da redução surpreendeu positivamente os analistas. A maioria previa algo em torno de 2%. Alguns, como Delfim Netto, afirmam que o encolhimento da economia é passado e que já estamos em recuperação (veja o texto).

A maior queda de produção ocorreu na indústria: 3,1%. A agropecuária reduziu em 0,5%. Só o setor de serviços cresceu, em 0,8%.

A formação bruta de capital fixo, um indicador do investimento, caiu bastante, 12,6%. Esse é um importante sinal de que as expectativas dos empresários quanto ao consumo no país não vai nada bem. Com estimativas ruins ou simplesmente incertas, eles preferem evitar novos investimentos.

Read Full Post »