Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘por que Copom manteve taxa’

A economia brasileira está aquecida. Com dinheiro em mãos, os brasileiros querem gastar. Diante de tanta demanda e da dificuldade de oferecer mais em pouco tempo, produtores e comerciantes podem subir os preços. É a temida inflação.

Para evitar os transtornos trazidos pela inflação, o governo define uma meta. Atualmente, o objetivo é que a taxa não passe muito de 4,5% ao ano, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Isso significa que uma cesta de produtos e serviços que custava R$100 no começo do ano deve chegar em dezembro por cerca de R$104,50.

Acontece que, se tudo continuar como está, a expectativa do mercado é que a inflação chegue a 5,03%. Na atual política, este é um sinal de alerta para o governo. Ele aponta para a necessidade de conter a economia, tirar dinheiro de circulação. Isso é feito por meio de ajustes na taxa Selic, em reuniões da diretoria do Banco Central que ocorrem a cada 45 dias.

Apesar dos temores da inflação, o Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu nesta quarta-feira segurar um pouco mais a taxa, que está em 8,75% ao ano desde julho do ano passado. Foi confirmada a previsão do mercado financeiro, que espera um primeiro aumento da taxa somente em abril. A previsão do mercado, segundo pesquisa do próprio Banco Central, é que a taxa chegue ao fim do ano em 11,25%.

O Bacen já deu o sinal. Segundo nota divulgada pelo banco, dessa vez a decisão não foi unânime. Três dos oito diretores defendiam um aumento de meio ponto percentual na taxa.

O caminho da Selic até o seu bolso é tortuoso, com muitos resultados ainda não comprovados pela ciência econômica. A ideia básica é que você pode pensar na taxa Selic como o preço médio do dinheiro. Se ela sobe, o dinheiro fica mais caro e circula menos. Se abaixa, o efeito é contrário e pode haver inflação.

É bom destacar que a taxa básica brasileira sempre figura entre as mais altas do mundo, revezando a liderança com poucos países. A necessidade ou não de juros tão altos é o alvo de muitas polêmicas, não só no Brasil, mas em vários países que adotam esse tipo de procedimento, conhecido como política de metas.

Read Full Post »